“Vozes de mulheres na obra de José Saramago” 11 março 2022 Biblioteca Municipal Almeida Faria

Integrada nas comemorações do 8 de março – Dia do Município, de S. João de Deus e Internacional da Mulher – dia 11 de março, pelas 21h00, na Biblioteca Municipal Almeida Faria, realiza-se a iniciativa “Vozes de mulheres na obra de José Saramago”, criada e interpretada por Joana Manuel, a partir de selecção de excertos pela Fundação José Saramago.

Sinopse
O género é uma construção. A literatura é uma construção. O mundo é uma construção e nele se constrói o escritor. Talvez isto bastasse como sinopse. A obra de José Saramago é voltada para fora, mesmo quando se passa dentro da cabeça-túmulo de Pessoa ou da cabeça-arca um revisor literário seguindo os passos de um almuadem na Lisboa cercada. E na voz de Saramago, que escrevia porque gostava de falar, se constroem vozes humanas e olhos de bichos, vozes e olhos e podem coexistir numa mesma figura de mulher, mesmo que essa mulher seja a morte e não exista. Num percurso de uma hora por pequenos recantos do Ensaio Sobre a Cegueira, das Intermitências da Morte, do Memorial do Convento, da História do Cerco de Lisboa e d’O Ano da Morte de Ricardo Reis, constroem-se pontes e passagens por vezes abruptas entre algumas das mulheres que falaram pela letra de José Saramago e o mundo que pelos olhos delas saiu.

#municipiomontemoronovo#DiadoMunicipio#saojoaodedeus#diadamulher#josesaramago#centenariosaramago#fundacaojosesaramago

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: